h1

Taí, selado

3 de outubro de 2013

O PERFIL DE TOURO

Quem nasce no tempo de Touro tem olhos sensíveis à beleza do mundo manifestado e um coração perturbado pela consciência de que ele é passageiro

É sempre a nossa parte taurina que nos faz pensar sobre a permanência e a impermanência das coisas. Não é por acaso que o ser humano que melhor falou sobre isso nasceu nesse tempo. Diz a tradição, que Gautama, o Buda, nasceu, morreu e se iluminou numa lua cheia de Touro. Dizem que quando essa lua cheia acontece, o portal que liga o mundo manifestado ao não manifestado fica aberto. É a recordação dessa visão que está sempre interferindo na maneira como os taurinos se relacionam com o mundo e com as outras pessoas. Regidos por Vênus, a deusa do amor, da beleza e da imaginação, eles procuram por ela em todas as coisas e em todos os relacionamentos. Quando não criam beleza precisam estar cercados por ela. Em troca, a deusa faz com que nasçam bonitos ou, pelo menos, charmosos. Para os taurinos, a palavra chave é auto estima. Logo eles, que se preocupam tanto com o valor das coisas, às vezes não conseguem perceber o valor do próprio talento. Quando isso acontece, o mundo perde um artista e ganha um ser humano angustiado, que passa a vida acumulando coisas para compensar a sensação de que está faltando algo. Sob a influência da Vênus da terra, eles são guiados pelos cinco sentidos. E porque amam as sensações, são os primeiros a perceber que, todas elas, quando se estabilizam, desaparecem.

ispia http://delas.ig.com.br/touro/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Lúcio Flávio Pinto

A Agenda Amazônica de um jornalismo de combate

Grupo Ecosol

Grupo de Pesquisa em Economia Solidária

Das Lutas

Coletivo

[PONTO DE PAUTA] para o livre debate.

Destina-se a abordar criticamente acontecimentos relacionados à política, à economia e à cultura no Brasil, na Amazônia e no Pará em contraponto com a visão editorial conservadora dos chamados grandes órgãos de comunicação.

Ginecosofía

Sabiduría Ancestral de las Mujeres

CINE CCBEU

Em fase de treinamento.

Cine Líbero Luxardo

Fundação Cultural do Pará Tancredo Neves

CINE OLYMPIA

Em fase de treinamento.

Centro Cultural SESC Boulevard

Em fase de treinamento.

BLOG DO BARATA

Em fase de treinamento.

Site da Enecos

Em fase de treinamento.

Xingu Vivo

Em fase de treinamento.

Hupomnemata

Em fase de treinamento.

Manuel Dutra

Em fase de treinamento.

%d blogueiros gostam disto: