h1

Hola, Uruguay!

16 de dezembro de 2011

Tempos atrás, inscrevi o resumo de um artigo no Congresso ALAIC 2012, que será nos dias 09, 10 e 11 de Maio em Montevidéo, Uruguai.

A ALAIC – Asociación Latinoamericana de Investigadores en Comunicación – “tiene como misión promover el desarrollo de la investigación en comunicación en América Latina y consolidar una comunidad académica que produzca en condiciones de libertad, calidad y colaboración permanente.

Su visión es ser un espacio plural y dinámico institucional dedicado al desarrollo crítico del conocimiento científico, así como a la producción, la discusión y la difusión del pensamiento sobre la comunicación en y sobre América Latina”.

Resumindo: este é o maior fórum de pesquisa em comunicação da América Latina.

Foi tudo muito às pressas porque fiquei sabendo das inscrições no último dia do prazo estipulado, mas como já vinha fazendo anotações sobre a campanha da divisão do estado, resolvi arrsiscar. No resumo, me propus a analisar as campanhas Televisivas do SIM e do Não à luz do artigo “Região e Regionalismo”, do profesor Manuel Dutra (Facom Ufpa), isso como pontapé inicial. Desde quando comecei a refletir sobre o assunto, esse artigo me ajudou bastante a esclarecer alguns itens em questão.

Eis que hoje eu recebo um e-mail da coordenadora do GD – Comunicación Publicitaria e, em anexo, uma carta de aceite. \o/

Já estou desenvolvendo o artigo completo e disponibilizarei ele aqui quando estiver pronto, mas pretendo ir discorrendo sobre o assunto aos poucos aqui no blog à medida em que a pesquisa for avançando.

Minha impressão geral sobre o assunto eu já expressei aqui, e não tem nada de acadêmica, vale ressaltar.

Tô curtindo escrever sobre isso porque é um assunto onde posso aplicar um certo acúmulo político que venho maturando, diferente dos artigos acadêmicos que produzi, sem contar que a campanha foi algo que eu vivi em tempo real. O primeiro artigo acadêmico que apresentei em congresso foi sobre a Web Campanha do Obama e apesar do conteúdo político considero ele bem pobre em criticidade.

Espero ver o resultado desta maturidade neste novo artigo, que será desenvolvido paralelamente ao meu TCC.

Clica aqui para ver a programação do ALAIC (que vai ter até conferência com Martín-Barbero, gente!).

Em tempo:

Aceito colaborações e indicações bibliográficas, sem restrições.

E bora pra rua, hoje é sexta-feira!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Lúcio Flávio Pinto

A Agenda Amazônica de um jornalismo de combate

Grupo Ecosol

Grupo de Pesquisa em Economia Solidária

Das Lutas

Coletivo

[PONTO DE PAUTA] para o livre debate.

Destina-se a abordar criticamente acontecimentos relacionados à política, à economia e à cultura no Brasil, na Amazônia e no Pará em contraponto com a visão editorial conservadora dos chamados grandes órgãos de comunicação.

Ginecosofía

Sabiduría Ancestral de las Mujeres

CINE CCBEU

Em fase de treinamento.

Cine Líbero Luxardo

Fundação Cultural do Pará Tancredo Neves

CINE OLYMPIA

Em fase de treinamento.

Centro Cultural SESC Boulevard

Em fase de treinamento.

BLOG DO BARATA

Em fase de treinamento.

Site da Enecos

Em fase de treinamento.

Xingu Vivo

Em fase de treinamento.

Hupomnemata

Em fase de treinamento.

Manuel Dutra

Em fase de treinamento.

%d blogueiros gostam disto: